Para abrir as Postagens é só clicar. nos Temas

domingo, dezembro 21, 2014

ÉTICA NO MINISTÉRIO PASTORAL

Um dos grandes requisitos para se exercer o Ministério pastoral é ser o mais ético possível. Este assunto ainda que de forma resumida devido nosso espaço. Mas, é possível tomarmos alguns exemplos e aplicá-los a nossa vida e em nosso dia a dia. Espero poder contribuir com este assunto, a quem se interessar e pretende usá-lo para o bem estar do Reino de Deus, na sua vida e no seu trabalho cristão.
Precisamos considerar a importância da Ética no Ministério Pastoral; sua relevância do Trabalho Pastoral; envolvido com a chamada Divina;
Quanto à conduta pessoal do Pastor, basta olhar por nós mesmos (I Tm 4.16).
O Pastor em Foco
Um pastor não faz sua igreja sozinho, mas é preciso que haja harmonia com os seus membros, para que o Corpo de Cristo tenha sua estrutura consolidada.
Temos que levar em conta o perfil cultural da membrezia de nossas igrejas hoje em dia. Muitos obreiros com formação universitária. Também temos com muito respeito os iletrados, que são uma benção na obra de Deus.
Somos observados por um auditório com alta capacidade de reflexão: Nossa postura no púlpito; (tagarela? Reverente?).
O pastor precisa rever sempre sua maneira de tratar os presentes, principalmente os visitantes; bem como, o modo como nos vestimos, pregamos, nos movimentamos e  conduzimos o culto...
Algumas exceções são toleradas pelo auditório, como uma leve descontração para não mostrar uma carranca, ou algumas palavras que descontraem, na foram de carinho, mas não podemos exagerar, nem todos gostam de descontrair, se bem que o culto deve seguir na sua maior seriedade.
A pessoa de o pastor no transcorrer do culto
Há membros que se orgulham de convidar seus conhecidos para ir à igreja porque aprecia a postura ética de seu pastor. Contudo, há membros que não tem coragem, pois tem receio de sair envergonhado do culto devido as atitudes do pastor.
Precisamos honrar ao nosso Deus que nos chamou para o ministério; apresentando postura ética de um verdadeiro homem de Deus e não de um tolo desorientado.
O Pastor e a Pregação
O conselho de Paulo a Timóteo (I Tm. 4.13)
Persiste em ler
Significa aplicar-se ou dedicar-se em ler e constitui-se num dever daquele que exerce o ministério pastoral.
A Bíblia é uma ferramenta essencial na atividade do Pastor.
Ela deve estar na mão e no coração do homem de Deus. (Sl 1; 119.11; Jo 1:8, 9; Rm 1:16, 17; I Tm 4:13-15; II Tm 2:15; Tt 1:5-9).
O pastor por si e por causa da alta responsabilidade diante dos homens e de Deus necessita ser apegado e perseverante à Palavra de Deus.
Persiste em Exortar
O termo exortar é derivado do substantivo Paracleto, que é o título dado pelo Senhor Jesus ao Espírito Santo, e significa o "Consolador".
A palavra exortação nesse contexto, não deve ser entendida como correção com palavras duras e rudes, mas tem a ver com o propósito de persuadir com a verdade, admoestar com base na Palavra de Deus.
Aplicar-se ao ensino
O ensino da Palavra de Deus ao povo é uma das mais importantes atividades pastorais (Sl.23:2,5; Mt. 28:19; At.6:1-4; 20:20-29).
Para o bom desempenho na área de ensino, o Pastor deve priorizar a leitura e meditação das Sagradas Escrituras e dedicar tempo à oração.
É o Espírito Santo quem nos ilumina para compreendermos as verdades celestiais, e é Ele que nos concede a unção para a exposição clara e poderosa da Palavra de Deus.
Ilustração: “O pastor deve receber a mensagem diretamente de Deus, amassando o pão nos próprios joelhos e servi-lo quente à igreja” - Samuel Nystron.
Cuidados a serem tomados com a ministração do Sermão
Evite o improviso, o povo notará e perderá o respeito e Deus não abençoa o preguiçoso.
Lembre-se que você é chamado para proclamar o Evangelho de Cristo e não outra mensagem (At 4. 12; Gl 1.8-9).
Lembre-se que o Evangelho é proclamação e não leilão, portanto não é necessário ficar gritando como um doido.
Lembre-se que quando os ouvintes começarem a consultar o relógio está passando do tempo de parar, ou você está sendo monótono ou cansativo, ou seja, por Deus você já passou da hora de encerrar seu sermão.
Tenha uma boa postura no púlpito, não precisa necessariamente estar andando desesperadamente de um lado para o outro como um "Show man". Mover-se é bom e se possível, mas, com certa prudência.
Procure não atrair atenção para si, mas leve o povo à presença de Cristo.
Apresentar-se com vestuário discreto para não distrair os ouvintes, e veja que sua aparência está boa, e bem apresentável.
Procure amar seu auditório e apresentar uma boa comunicação visual, seja comedido, evite os excessos desnecessários para atrair os olhares para si.
Seja pontual, respeite aqueles que estão ali para te ouvir e principalmente, honre a Deus dando o seu máximo.
Lembre-se que a boca fala do que o coração está cheio. Vigie, para a mensagem que vais transmitir proceda do coração de Deus e do seu e não só dos lábios.
Procure não constranger as pessoas e nem usar o púlpito para atacar e ferir desafetos, é o chamado sermão do ataque.
Lembre-se que você é um instrumento de Deus, faça com esmero e dedicação a sua parte e dependa inteiramente de Deus, que Ele certamente não te deixará confundido. Portanto, regue o teu sermão com oração e suplicas.
Tenha como alvo a glória de Deus. Não tome para si o que não lhe pertence, a honra que é devida a Deus. Com certeza Ele o honrará na medida do possível, tão somente aguarde sua  vez. 
Abraços, se quiser comentar fique a vontade.  
         



Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...