Para abrir as Postagens é só clicar. nos Temas

quinta-feira, maio 29, 2014

HISTÓRIA DA IGREJA CRISTÃ

Esse assunto é apenas uma síntese da história da Igreja Cristã devido ao tamanho do assunto, mas esse resumo pode acrescentar ao seu conhecimento algo de bom. Se você desejar ele completo, (se bem que não esgota o assunto) me envia seu E- mail e terei imenso prazer em enviá-lo. E-mail: prof.mestreexpedito@gmail.com
A Influência das Diversas Culturas.
A História da Igreja de Cristo tornou-se real pelo fato de que Deus está realmente salvando seu povo, para fazer parte do maior investimento que há no mundo o resgate de homens perdidos nas trevas do terrível pecado.
Deus trabalhou de forma extraordinária e maravilhosamente no Mundo Antigo e preparou para que Cristo viesse na plenitude dos tempos. Quando tudo já estava preparado pelas mãos de Deus, Cristo veio com êxito concretizando o intento salvífico do Pai.
Não podemos entrar direto na História da Igreja, sem primeiro considerarmos as grandes contribuições de três grandes povos.
Cada há seu tempo sem se dar conta, estava trabalhando de acordo com a direção divina, criando meios na sociedade aonde o Cristianismo viria fincar suas estacas conquistando povos de todo mundo para o Reino glorioso de Cristo.
A GRANDE CONTRIBUIÇÃO DOS TRÊS POVOS.
ROMANOS
Domínio Mundial de Roma.
Nos primeiros séculos do Cristianismo, os romanos eram considerados os donos do mundo, eles ignoravam as outras terras distantes de si. O mundo romano incluía todas as principais terras alcançadas pelo cristianismo nos três primeiros séculos.
Roma não dominava os povos somente pela força, mas usavam de inteligência colocando outros povos superiores para governar sobre os seus povos conquistados. O poder mais atuante foi nas regiões adjacentes ao Mediterrâneo, exatamente onde o cristianismo foi implantado desde o seu início.
Povos Unificados
Os povos conquistados sentiam-se isolados, os romanos deram grande contribuição para o advento do Cristianismo, o Império unificou os povos, sob o poder político de Roma, derrubando todos os governadores e um poder único dominava isto foi uma grande contribuição, pois o Cristianismo não era uma religião exclusivista, este procedimento amigável, favoreceu a sua expansão por todo o Império.
Paz Universal, Pax Romana.
A influência do Império Romano tornou quase impossível as guerras entre as nações, esse poder de conter as guerras, trouxe uma paz universal, conhecida por Pax Romana. Esta situação de paz favoreceu extraordinariamente a difusão do Cristianismo entre as nações, que tinha a pretensão de ser a religião universal.
O Intercâmbio Entre Vários Povos
A inteligente administração romana, sábia forte e vigilante trouxe segurança para as viagens por todas as partes do mundo. Na navegação os piratas foram expulsos dos mares. As extraordinárias estradas de rodagens que davam acesso a todas as partes do Império e de tão policiadas que eram fizeram com que os ladrões se retirassem delas. Se não fossem estas estradas, dificilmente o Apóstolo Paulo teriam realizado as suas viagens por terras tão distantes. O excelente sistema viário de Roma veio contribuir consideravelmente para o progresso do Cristianismo entre as nações.
GREGOS
A Grande Influência dos Gregos
Com o surgimento do Cristianismo, os povos que habitavam as regiões do Mediterrâneo estavam profundamente influenciados pelo espírito grego. Muitas colônias gregas fixaram moradas ao longo das costas do Mediterrâneo, eles desenvolveram seu comércio por todas as partes e a sua influência se espalhou por cidades e países que eram consideradas como os mais importantes centros do mundo de então. Os gregos influenciaram de tal forma o povo romano que foi denominado de greco-romano, Roma governava politicamente, mas a mentalidade do seu povo tinha sido moldada pelos gregos, uma das grandes sabedorias da sua época.
A Influência dos Filósofos nas Atividades Intelectuais.
Por muitos séculos antes de Cristo os gregos detinham com exclusividades a vida intelectual mais vigorosa e avançada do mundo.
Sobre as grandes indagações do homem: Origem e significado do mundo, existência de Deus e do homem, o bem e o mal, em fim tudo que era motivo de indagação, a partir da meditação os filósofos se colocavam como nenhum outro povo em busca destas respostas.
Para os judeus, Deus lhes dava as revelações, mas eles não tinham afinidades com as pesquisas, às indagações, nem se interessavam pelas questões discutidas pelos gregos. Foi justamente entre os séculos sexto ao terceiro antes de Cristo, houve um grande movimento intelectual sobre assuntos filosóficos e teológicos entre os gregos, como resultados desse movimento surgiram os grandes pensadores do mundo, que ensinaram coisas que perdura até os dias de hoje.
Portanto foram os gregos que despertaram as pesquisas em relação às questões diversas até mesmo do sobrenatural: indagando, perguntando, inquirindo e disputando até mesmo em praças populares sobre diversos assuntos, muitos deles relacionados com o Céu e a Terra.
Os Gregos Espalharam uma Língua Universal.
Uma das grandes contribuições dos gregos para a preparação do mundo para o advento do Cristianismo foi ao idioma que este seria pregado ao povo pela primeira vez.
 A grande influência do grego podia ser notada pelo fato de ser a língua mais falada nos países ao longo das margens do Mediterrâneo o dialeto grego era conhecido pelo nome Koine’ ou dialeto comum.
Essa era a língua universal do mundo greco-romano, usada por todos os fins como intercâmbio popular. Os grandes centros onde o Cristianismo fora implantado era facilmente compreendido devido à língua popular grega falado em todos os lugares.
Paulo e os outros missionários fizeram os seus trabalhos missionários baseados neste idioma, a partir desse idioma foi possível escrever vários livros dos quais vieram compor o nosso Novo Testamento. Este grande investimento foi providenciado por Deus por intermédio do povo grego, uma das maiores culturas de todos os tempos.

JUDEUS
A Escolha de Deus
Deus por sua vontade escolheu o povo hebreu ou judeu para ser o mordomo da verdadeira religião Cristã. Poderia ser outro povo qualquer, mas Deus resolveu escolher o povo judeu para que dele viesse o Messias.
A missão do povo judeu foi receber a revelação especial sobre o próprio Salvador, a partir dessa revelação eles iam recebendo numa revelação progressiva os ensinos na sua pureza e integridade, de modo que na plenitude dos tempos, os judeus se constituiriam uma bênção para todos os povos.
A grandeza desse povo só é possível conhecer se primeiro estudar a sua história de lutas, algumas derrotas, mas também eles conseguiram grandes conquistas e muitas vitórias; o intuito de Deus com esse povo era trabalhar entre eles para salvar o gênero humano. Esse assunto não se esgota aqui...



LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...