Para abrir as Postagens é só clicar. nos Temas

domingo, agosto 23, 2015

COMO LER AS ESCRITURAS

EXPOSIÇÃO POR C. H. SPURGEON: SALMO 119:105-115.
Verso 105. Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. 
Somos caminhantes pela cidade deste mundo e muitas vezes somos chamados a sair em sua escuridão – nunca nos aventuramos ali sem o que dá a luz, a Palavra de Deus, para que não escorreguemos. Cada homem deve usar a Palavra de Deus, pessoalmente, de forma prática e habitual, para que possa ver o seu caminho e ver o que está nele. Quando a escuridão se estabelece sobre tudo ao meu redor, a Palavra do Senhor, como uma tocha flamejante, revela o meu caminho. Nós não conhecemos o caminho, ou como andar nele, se a Escritura, como uma tocha em chamas, não revelá-lo. É uma lâmpada de noite, uma luz de dia e um deleite em todos os momentos! Davi guiou seus próprios passos por ela e também viu as dificuldades de seu caminho por seus raios. 
106. Jurei, e o cumprirei, que guardarei os teus justos juízos. 
Sob a influência da luz clara do conhecimento que ele tinha firmemente decidido em sua mente, declarou solenemente sua determinação diante dos olhos de Deus. Talvez desconfiando de sua própria mente inconstante, ele se se comprometeu de forma sagrada a cumprir fielmente às determinações e decisões do seu Deus. Qualquer caminho pode surgir diante dele, ele prestou juramento que seguiria somente segundo a lâmpada da Palavra de Deus estivesse brilhando. 
107. Estou aflitíssimo; vivifica-me, ó Senhor, segundo a tua palavra.
De acordo com o último verso que ele tinha sido jurado interiormente como um soldado do Senhor, e neste verso seguinte, ele é chamado a sofrer dureza nessa qualidade. Nosso serviço ao Senhor não nos livra da tribulação, mas antes nos assegura disto! O salmista era um homem consagrado e ainda um homem castigado. Vivificação é o melhor remédio para a tribulação – a alma é elevada acima do pensamento de presente angústia e é preenchida com a alegria santa que atende toda a vida espiritual vigorosa – e assim da aflição brota a luz. 
108. Aceita, eu te rogo, as oferendas voluntárias da minha boca, ó Senhor; ensiname os teus juízos.
Ele oferece a oração, louvor, confissão e testemunho – estes, apresentados com a sua voz na presença de uma audiência – eram o tributo de sua boca ao Senhor. Ele treme com medo de que estes devem ser tão mal pronunciado como a desagradar ao Senhor e, por isso, ele implora a aceitação. Quando prestamos ao Senhor o nosso melhor, nos tornamos ainda mais preocupados em fazer melhor. Se, de fato, o Senhor nos aceitará, então desejemos ser mais instruído para que possamos ser ainda mais aceitáveis.
109. A minha alma está de contínuo nas minhas mãos; todavia não me esqueço da tua lei. 
Ele viveu em meio ao perigo. Ele tinha que estar sempre lutando pela sobrevivência – se escondendo em cavernas, ou disputando nas batalhas. Este é um estado muito desconfortável e tentador das coisas, e os homens são capazes de pensar em algum expediente justificável pelo qual eles podem acabar com tal condição. Mas Davi não se desviou para encontrar segurança no pecado. Dizem que todas as coisas estão no amor e na guerra -, mas o homem santo não pensou assim – enquanto ele levava sua vida na sua mão, ele também levou a Lei de Deus em seu coração! 
110. Os ímpios me armaram laço; contudo não me desviei dos teus preceitos.
A vida espiritual é palco de perigo constante – o crente vive com sua vida em suas mãos, e entrementes tudo parece conspirar para tirar isso dele – pela astúcia se eles não podem pela violência. Não vamos achar que é algo fácil viver a vida dos fiéis. Os espíritos maus e homens ímpios deixarão pedra e mais pedras para a nossa destruição. Davi não estava enlaçado, pois ele manteve os olhos abertos e se manteve perto de seu Deus. 
111 Os teus testemunhos tenho eu tomado por herança para sempre, pois são o gozo do meu coração. 
Ele escolheu como sua sorte, a sua parte, sua propriedade. E o que é mais [importante], ele lançou mão sobre eles e os cumpriu assim – tendo-os em posse e prazer. A escolha de Davi é a nossa escolha. Se pudéssemos ter o nosso desejo, nosso desejamos guardar os mandamentos de Deus perfeitamente. Conhecer as Doutrinas, nos deleitar nas promessas, praticar os mandamentos – seja este um reino grande o suficiente para mim!
112 Inclinei o meu coração a guardar os teus estatutos, para sempre, até ao fim.
Ele não estava meio inclinado à virtude, mas de coração inclinado à ela. Todo o seu coração estava determinado à prática, perseverante piedade. Ele estava decidido a manter os preceitos do Senhor de todo o coração, ao longo de todo o seu tempo, sem cometer qualquer erro até o fim! Ele fez o seu objetivo guardar a lei até o fim e isso sem fim. 
113 Odeio os pensamentos vãos, mas amo a tua lei. O oposto da lei fixa e infalível de Deus é a hesitação, mutável opinião de homens! Davi tinha um profundo desprezo e aversão por isso – toda a sua reverência e respeito foi para a certeza da Palavra de Testemunho. Em proporção ao seu amor à Lei era o seu ódio de invenções do homem. Os pensamentos dos homens são vaidade, mas os pensamentos de Deus são Verdade. 
114 Tu és o meu refúgio e o meu escudo; espero na tua palavra. 
Para seu Deus ele correu por abrigo de pensamentos vãos! Lá, ele escondeu-se longe de suas tormentosas intrusões e em solene silêncio de alma ele encontrou Deus para ser seu esconderijo. Quando chamado ao mundo, se não pudesse estar a sós com Deus como seu esconderijo, ele poderia ter o Senhor com ele como seu escudo – e por isso significa que ele poderia repelir os ataques de sugestões ímpias.
115 Apartai-vos de mim, malfeitores, pois guardarei os mandamentos do meu Deus. 
Se nós voamos para Deus por causa de pensamentos vãos, muito mais nós deveríamos evitar os homens vãos. Malfeitores se fazem conselheiros malignos. Aqueles que dizem a Deus: “Afasta-Te de nós”, deve ouvir o eco imediato de suas palavras da boca dos filhos de Deus, “Afasta de nós. Nós não podemos comer pão com traidores”. [Adaptado de The C. H. Spurgeon Collection, Version 1.0, Ages Software. Veja todos os 63 volumes de sermões CH Spurgeon em Inglês Moderno, e mais de 525 traduções em espanhol, acesse: www.spurgeongems.org

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...